Jovens da Favela da Pavuna no Rio de Janeiro recebem instruções sobre Bitcoin e blockchain

Empresas, startups, universidades e uma das instituições financeiras mais importantes do mundo se uniram para ajudar a promover uma mudança social em jovens de uma favela do Rio de Janeiro, a Favela da Pavuna.

Com ensinamentos sobre Bitcoin e Blockchai, quase 120 jovens, de 14 a 24 anos, agora se reúnem semanalmente no Rio de Janeiro para cursos gratuitos sobre alfabetização financeira, programação de computadores e tecnologia DLT.

O Projeto é uma parceria entre o Banco Mundial, a Blockchain Academy, o projeto baseado em Ethereum MakerDAO, o Banco Maré e Universidade Federal do Rio de Janeiro.

“O objetivo final de todos esses esforços é dar a eles uma oportunidade real de serem contratados. No final do programa de treinamento, os alunos participarão de um hackathon com o MakerDAO, para ter a oportunidade de criar algo mais concreto, algo que possa ser útil para si”, disse Rosine Kadamani, co-fundadora da Blockchain Academy.

Segundo o Coindesk, apenas metade dos estudantes passou no teste de alfabetização em computação para fazer o curso focado em blockchain no final do programa. Eles aprenderão o básico da programação da Web, como fazer contratos inteligentes baseados no ethereum e um pouco sobre o Hyperledger.

O MakerDAO diz que seus objetivos para o programa são altruístas. Nadia Alvarez, chefe de desenvolvimento de negócios da MakerDAO na América Latina, disse ao CoinDesk que espera que os alunos aprendam sobre “soluções” além de bancos e instituições financeiras tradicionais.

“O que queremos é dar a eles informações para desenvolver sua curiosidade em relação ao blockchain e outras opções financeiras que eles têm”, disse ela.

“Estou sempre interessado em aprender e estar melhor preparado [para empregos], também aprendendo a criar sites e software”, disse Luiz Felipe Rangel Silva, 17 anos destacando que embora sua família tenha uma conta bancária, eles usam principalmente dinheiro. Conceitos como blockchain e aplicativos de pagamento são estranhos para ele, além de breves menções ao bitcoin que ele ouviu nas notícias.

Fonte: LiveCoins

Comentários

Deixe um comentário

  Subscribe  
Notify of