AnubisTrade integra solução BlockchainID da OriginalMy

O CriptoFácil noticiou em duas ocasiões a aplicação da solução de identificação baseada em blockchain da OriginalMy (a BlockchainID), que já foi viabilizada na exchange 3xbit e na plataforma Troca.Ninja.

Outra plataforma de troca brasileira passou a adotar a BlockchainID, trata-se da Anubis.Trade. Já é possível acessar os serviços da exchange por meio do cadastro feito junto à OriginalMy, tudo isso graças à parceria entre as startups.

O CEO da AnubisTrade Matheus Grijó falou ao CriptoFácil sobre a integração:

“A AnubisTrade tem o orgulho de comunicar que agora conta com cadastro e login via blockchain, em parceria com a grande OriginalMy, pioneira neste tipo de serviço pelo mundo.

Utilizando do produto BlockchainID da Original My, agora, o usuário AnubisTrade poderá realizar o seu login via blockchain, de maneira totalmente gratuita e segura, além de poder se cadastrar na plataforma em poucos segundos caso possua o BlockchainID já no seu celular.”

Grijó completa:

“Hoje, para quem já possui conta na AnubisTrade, ao logar via OriginalMy, será solicitado uma tela de merge account – igual ao modelo oauth do Facebook por exemplo. Lá você poderá ‘linkar’ as duas contas.”

O CEO da AnubisTrade conclui afirmando que ainda pretende utilizar o método de segurança OCRA nos procedimentos de saque por conta do seu alto grau de segurança fornecido para as transações.

Edilson Osório, CEO e fundador da OriginalMy, também falou sobre a parceria:

“A Anubis é uma empresa que está empenhada em aumentar a sua segurança e ao mesmo tempo respeitar a privacidade do usuário. É uma equação muito complexa de ser equacionada. Esses foram os principais pontos que eles consideraram ao integrar o BlockchainID, e agora contam com o que há de mais moderno em matéria de autenticação, aumentando exponencialmente sua própria segurança e a dos seus usuários.”

A aCESS Lab, empresa de segurança que já presta serviços de consultoria para empresas do setor de criptoativos, está monitorando para que a integração ocorra de forma segura. Leandro Trindade, CTO da aCESS Lab, também falou ao CriptoFácil:

“Segurança é a união de 3 características:
– uma coisa que você é;
– uma coisa que você tem;
– uma coisa que você sabe.

Normalmente o que você sabe é sua senha; o que você é, a sua biometria; e o que você tem é um cartão ou identidade.

O 2FA emula os documentos sendo algo que você tem, dentro de um pequeno espaço de tempo apenas você saberá os números que aparecerão no seu celular. Só que esse padrão já está defasado, 6 dígitos é algo fácil de adivinhar no espaço de 5 minutos como pesquisas recentes tem comprovado.

A OriginalMy aplica a mesma regra, apenas você tem acesso à chave privada no seu App do celular, e com ela, de uma forma similar a como ocorre com o Bitcoin, realiza a assinatura que autoriza seu acesso temporariamente.

Esse é um padrão que conhecemos como OCRA, onde ocorre um desafio (o QR Code) e a resposta (a Assinatura no App). A dificuldade de adivinhar essa chave privada é tão grande quanto encontrar uma carteira de Bitcoin aleatoriamente.”

De acordo com a declaração acima, nota-se que a BlockchainID apresenta uma segurança consideravelmente maior em relação ao processo de autenticação padrão atualmente utilizado.

Fonte: CriptoFácil

Comentários