Acha que é tarde para entrar no mercado de criptomoedas? pense de novo

As criptomoedas tiveram um aumento intenso de popularidade ao longo dos últimos três anos. A indústria também viu uma das maiores altas de sua história, em 2017, seguida por uma das maiores baixas já logo em 2018.

Então, será que você está muito atrasado para participar do mundo das criptomoedas?

Parece uma resposta difícil quando você percebe que o bitcoin já chegou a US $ 20.000 e voltou para US $ 4.000. O valor de mercado das criptomoedas caiu mais de 400% desde janeiro de 2018.

A maioria esmagadora das pessoas comuns presumiria que “a bolha estourou” e que “o barco afundou”. No entanto, olhando para o valor atual de mercado, as criptomoedas perfazem apenas US $ 140 bilhões.

Isso equivale a menos de 1% do mercado total de ações. De fato, o mercado de criptomoedas é tão pequeno que representa apenas 2% do mercado de ouro.

Embora o bitcoin tenha sofrido uma queda de 80% no preço só em 2018, a maioria da comunidade de criptomoedas vê isso como uma segunda oportunidade para quem ficou de fora.

Como a recompensa por mineração de bitcoin vai cair pela metade no próximo ano, a taxa de inflação cairá também e isso geralmente causa um impacto positivo no movimento de preço do Bitcoin.

O mercado está apenas começando a se estabilizar e o potencial de alta dos preços atuais é só uma questão de tempo.

Análistas observaram que durante as últimas quedas de preço da moeda digital, grandes detentores de bitcoin, as chamadas baleias, aproveitaram para poder comprar ainda mais Bitcoin. Ou seja, enquanto muitas pessoas ficaram lamentando a baixa, outras viram uma oportunidade de aumentar suas posições. Apostando contra o pessimismo.

CZ, o fundador da maior corretora de bitcoin do mundo, Binance, afirmou recentemente que estamos ainda no “inicio do inicio” da história das criptomoedas, o empresário disse que as pessoas ainda podem entrar no mercado e participar da chegada da nova economia.

As maiores empresas do mundo estão entrando no mercado, por exemplo o Facebook, maior rede social do mundo criando uma criptomoeda própria, A IBM criando uma infraestrutura de blockchain global para bancos, A Samsung integrando um carteira de criptomoedas em seu smartphone carro chefe, o Galaxy S10, além de inúmeros outros casos que o Livecoins noticiou.

Fonte: Live Coins

As informações contidas neste informativo foram obtidas por fontes públicas consideradas confiáveis e possuem caráter meramente informativo, não constitui qualquer tipo de conselho de investimento, jurídico e ou de qualquer natureza.

Comentários