John McAfee foge dos EUA acusado de crimes por IRS

Uma das mais controversas figuras que apoia as criptomoedas, John McAfee, aparentemente está fugindo dos Estados Unidos e vivendo no exílio, após ser acusado de crimes financeiros pelo Internal Revenue Service (IRS) no Tennessee. 

O criador do anti-vírus que leva o seu nome, utilizou o Twitter falar aos seus 890 mil seguidores na rede social. McAfee publicou um vídeo de dois minutos no Twitter afirmando que ele, sua esposa e quatro de seus funcionários de campanha foram acusados ​​de crimes pelo Internal Revenue Service (IRS) no estado americano do Tennessee. 

“Eu não paguei impostos durante oito anos. Eu não fiz segredo sobre isso”. Disse ele. 

“Hoje, 22 de janeiro, a Receita Federal convocou um grande júri no estado do Tennessee para cobrar de mim, minha esposa, sra. McAfee e quatro dos meus funcionários de campanha, crimes não especificados da Receita Federal.” ‘Eles querem me silenciar. Eu não vou permitir isso.

“Minha campanha continuará no exílio neste barco. Eu não permitirei que eles me aprisionem e calem minha voz, o que eles farão se me pegarem. Por quê?” Eu sou um risco. Obviamente… “Hoje, a cripto-comunidade, está em guerra e eu estou na linha de frente.”

Baseado em suas recentes postagens no Twitter, McAfee parece estar a caminho da Venezuela. 

McAfee está confiante de que continuará sua campanha presidencial no exílio. Vale destacar que contanto que ele não seja condenado pelos crimes pelo qual está sendo acusado pelo IRS, ele pode continuar concorrendo a presidência dos Estados Unidos. Mesmo que possa se tornar difícil participar dos debates presenciais.

Fonte: Guia do Bitcoin

As informações contidas neste informativo foram obtidas por fontes públicas consideradas confiáveis e possuem caráter meramente informativo, não constitui qualquer tipo de conselho de investimento, jurídico e ou de qualquer natureza.

Comentários